O COTIDIANO COMO FORMA DE NARRAR AS INTERAÇÕES E AS BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

Graciela da Silva Salgado

Escola

CEI Acácio Bento

Resumo

Narrar as vivências das crianças na Educação Infantil, a partir da escuta e da observação atenta, é uma forma de garantir os Seis Direitos de Aprendizagem previstos na BNCC, bem como pôr em prática os Campos de Experiência, pois eles constituem-se de ações que estruturam o currículo cujos eixos norteadores são as Interações e a Brincadeira. Nesse sentido, o lugar da professora de infâncias é de um adulto propositivo que prepara o espaço, pensa nos materiais e promove um tempo qualitativo para que as crianças vivam experiências e consolidem aprendizagens importantes para compreender como é viver e conviver em coletividade. Justifica os pontos levantados a concepção de que o cotidiano é o fio condutor das aprendizagens na Educação Infantil, sendo necessário estarmos atentos aos diferentes modos que as crianças encontram para se relacionar, aprender e interagir com seus pares - sejam as outras crianças (mais velhas ou mais novas) ou os adultos da instituição. Nas ações cotidianas ouvem histórias, conversam, cantam, rabiscam com diferentes riscantes e em diferentes superfícies, desenvolvendo assim múltiplas linguagens. As aprendizagens na Educação Infantil são organizadas por meio dos Campos de Experiências e têm as crianças como centro do planejamento, sendo sujeitos que precisam da escuta e observação atenta da professora. Diante disso, a ação de comer é currículo, a chegada e saída da instituição é currículo, brincar e interagir é currículo, andar pelos corredores e pátio da instituição infantil é currículo e, por estes momentos terem tanta importância, são motes de narrativas. O que se apresenta aqui são alguns desses olhares atentos na vida cotidiana de duas crianças da turma de creche 01, do Centro de Educação Infantil Acácio Bento, do matutino. A imagem um (1) narra o momento da refeição. A imagem dois (2) narra um momento proposto e conduzido pela professora regente e a imagem três (3) narra um momento optativo, ou seja, quando as crianças estão gerenciando suas ações brincantes conforme seus interesses e investigações. A avaliação desses e outros momentos da cotidianidade da turma são refletidos no diário de bordo da professora regente; esse instrumento serve, para analisar as observações e construir as narrativas obtidas através da fotografia e do vídeo documental.

Clique nas imagens para ampliá-las.

Palavras-chave

Planejamento; contextos significativos; docência na Educação Infantil